O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
[ Colaboradores ][ A História do Jornal ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ]
Edição de 12-01-2018
Pesquisa
Livro
Alto Douro Vinhateiro Alto Douro Vinhateiro Versão Inglesa
 

SECÇÃO: Saúde

QUAL A DIFERENÇA ENTRE GRIPE E CONSTIPAÇÃO?

A gripe é uma doença contagiosa resultante da infeção pelo vírus Influenza. Transmite-se por contacto físico direto ou através de gotículas respiratórias infetadas, libertadas ao falar, respirar ou tossir.
Uma vez inalado, o vírus Influenza infeta o trato respiratório (nariz, seios nasais, garganta, pulmões) e ouvidos.

Os sintomas são: em 48 horas após o contágio o organismo reage com febre elevada, arrepios, dor de cabeça, dor muscular, garganta inflamada, nariz entupido, tosse seca e prostração. Na gripe sem complicações, a doença aguda geralmente resolve-se ao fim de cerca de 5 dias e a na maioria dos casos recupera-se em 1-2 semanas.

Habitualmente, a gripe é tratada com medicamentos para o alívio dos sintomas. Os antibióticos são ineficazes contra a infeção viral mas podem ser prescritos se surgir uma infeção bacteriana secundária à gripe. Existem atualmente medicamentos inibidores que bloqueiam a multiplicação dos vírus responsáveis pela gripe.
A principal medida de prevenção é a vacinação, que oferece uma eficácia entre 30 a 90%. Tem de ser repetida anualmente, pois o vírus sofre mutações frequentes, e deve ser feita principalmente em grupos de risco (idosos, crianças, profissionais de saúde e doentes crónicos).


A constipação é uma doença contagiosa resultante da infeção por Rinovírus (o mais comum).
Os sintomas típicos, que aparecem após dois a três dias de incubação do vírus, são o desconforto ou dor na faringe, espirros e congestão nasal, rinorreia, tosse, calafrios, e garganta inflamada, sendo por vezes acompanhada de dores musculares, fadiga, dores de cabeça e perda de apetite. O aparecimento do herpes labial é também muito frequente.

O vírus da constipação é normalmente transmitido por via inalatória através de gotículas expelidas quando se fala, tosse ou espirra; do contato direto com secreções nasais infetadas ou objetos contaminados.

O tratamento é direcionado para o alívio dos sintomas, pois não há nenhum antivírico eficaz. Os antibióticos são ineficazes contra a infeção viral mas podem ser prescritos se surgir uma infeção bacteriana secundária à constipação.

Por
Enfº Pires Santos - Diretor Clínico, Centro de Ozonoterapia

[Utilidades]
[Outras Notícias]

O Meu Jornal
(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt