O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
[ Colaboradores ][ A História do Jornal ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ]
Edição de 17-11-2017
Pesquisa
Livro
Alto Douro Vinhateiro Alto Douro Vinhateiro Versão Inglesa
 

Arquivo: Edição de 04-08-2017

SECÇÃO: Entrevistas

A ENTREVISTA em fim de mandato da Presidente cessante do Rotary Club da Régua, Rosa Adelaide Cardoso

Com a transmissão de tarefas, de que demos notícia na passada semana, pensamos que seria da maior utilidade, entrevistar a Presidente cessante do Rotary Club da Régua,

foto
Rosa Adelaide Cardoso, senhora muito conhecida na cidade e na região onde ao longo da sua vida exerceu a sua carreira de bancária que trocou, há pouco tempo, por uma reforma que abreviou por motivo de saúde.
Sempre foi uma mulher, dedicada a causas e atividades, sempre que solicitada, apesar do pouco tempo que lhe restava depois de sua atividade profissional e do cuidar da família. Casada com Eurico Cardoso e mãe de dois filhos, o Pedro e o Eurico Jr., quem é afinal Rosa Adelaide, a presidente do clube do rotário reguense que agora cessou funções?

ND: Como é que aconteceu a sua entrada para o Rotary Club da Régua?

RA: Tenho de confessar que não foi difícil a minha entrada para o Rotary Club da Régua. Pois como já foi referido, eu desde muito jovem fui sempre dada a causas e atividades que fossem para ajudar o próximo. Lembro-me que ainda andava na escola primária e era sempre eu que entregava a “latinha redonda” do peditório para a Liga Portuguesa Contra o Cancro, mais pesada e, quase sempre, tinha tempo para encher nova lata… Assim fui crescendo, chamando a atenção de algumas pessoas como, por exemplo, a atual Presidente da Cruz Vermelha da Régua, que sempre que me pedia ajuda para participar na Missão Sorriso, eu alinhava logo. Ainda o faço, na porta do Hipermercado Continente a pedir para os mais carenciados. Foi nesses encontros que, a mesma senhora, a D. Maria da Luz Magalhães, foi falando nos rotários, de que faz parte, há alguns anos, acabando por ser a minha madrinha em Rotary.

foto
ND: O Lema do Rotary é “Dar de Si, antes de pensar em si”. O que lhe diz este lema? Pensa que o mesmo é, na realidade, cumprido por todos os rotários?

RA: É evidente que ser rotário é uma responsabilidade grande. Digo isto porque, antes de tudo o Rotário tem que saber servir, moldando o seu pensamento para colocar o outro em primeiro lugar. Isto não é fácil. Todos nós temos a nossa vida familiar, profissional e social, muitos de nós pertencemos a outras associações, e, isto, tira-nos tempo para nos dedicarmos mais ao nosso propósito rotário mas, acredito que os verdadeiros rotários o fazem.

ND: Há quanto tempo faz parte do Rotary Club da Régua e o que pensa, passado este tempo, da ação do clube?

RA: Fez este mês de Julho três anos que fui emblemada pelo Rotary Club da Régua para fazer parte da família rotária.
Penso que a ação do clube tem sido mais direcionada para o exterior, ou seja, estamos preocupados que o Rotary seja mais conhecido e reconhecido pela sua ação, divulgando-a para que toda a comunidade saiba quem somos e o que fazemos…

ND: Apesar da sua “juventude rotária”, a sua presidência foi muito bem conduzida, cumprindo todos os objetivos a que se propôs.
Quer enumerá-los, de modo sucinto, para o Notícias do Douro.

foto
RA: Em Setembro de 2016 organizámos um espetáculo de solidariedade a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro que, superando as nossas melhores expectativas, conseguimos angariar 3.175,00 €. Este espetáculo foi organizado em parceria com a Junta de Freguesia de Fontelas e a total disponibilidade por parte da Câmara Municipal da Régua, principalmente da Equipa do Auditório, na produção e promoção deste evento. Aproveito para agradecer, mais uma vez, a todos os grupos e artistas que atuaram colaborando para esta nobre causa.
Em Novembro de 2016 levámos a efeito a Homenagem ao Profissional da nossa terra. Foram escolhidos para serem homenageados, o Sr. Rufino Santos Araújo e sua Esposa D. Ludovina Araújo, da Óptica Santos. Foi um evento muito bem aceite pelos Reguenses pois, associaram-se a nós cerca de 90 pessoas. Alguns dos convidados foram familiares, amigos e funcionários do casal. Esteve também presente o nosso Presidente da Câmara, Engº Nuno Gonçalves entre outras individualidades civis da nossa comunidade.
Em Janeiro deste ano o nosso Companheiro Past-Governador e nosso sócio honorário, Diamantino Gomes veio ao Auditório Municipal oferecer-nos uma palestra sobre a “Sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde”, tema de interesse para toda a comunidade.
Em Março do corrente ano, fizemos uma visita ao nosso clube rotário geminado, que é o Rotary Club de Ovar, visita que decorreu muito bem, sendo de enaltecer a forma como fomos recebidos pela Câmara Municipal de Ovar na pessoa do Sr. Presidente, Dr. José Malheiro e sua equipa.
Também esteve presente o nosso Vice-Presidente da Câmara, Dr. José Manuel Gonçalves a quem agradecemos o esforço que fez para conciliar o seu tempo marcando presença em Lisboa e em Ovar.
Abril é o mês do aniversário do nosso clube. Festejámos o 33º Aniversário com um Jantar Festivo, com cerca de 50 convidados, onde incluímos ex-companheiros rotários e os clubes rotários dos concelhos limítrofes. Esteve connosco o nosso Companheiro Sérgio Almeida do Rotary Club de Arouca que nos brindou com uma palestra sobre Liderança Rotária. Mais uma vez estiveram presentes as autoridades civis do concelho para nos felicitarem pelo aniversário do clube.
Como o nosso clube ainda não tinha sede própria para realizar as suas reuniões de trabalho e companheirismo, conseguiu-se com a superior autorização da Câmara Municipal, que a Sala nº1 das instalações que já são utilizadas pela Universidade Sénior do Rotary Club da Régua, passasse a ser a nossa tão esperada Sede, onde estamos desde Maio deste ano.
No mês corrente, Julho, com o fim do Ano Rotário, que teve o seu término no dia 30 de Junho, realizou-se a cerimónia da “Transmissão de Tarefas. Encerrámos o nosso Ano Rotário com “chave de ouro” sempre a pensar nos projetos que já estão em curso, tais como ajudar um jovem, que tem uma grave doença neurológica, a obter uma cadeira de rodas compatível com a sua doença, e comparticiparmos um projeto de intervenção num Bairro Social de S.Tomé.
Por fim, e por ser muito importante para o movimento rotário, é nosso objetivo aumentarmos o Quadro Social do Clube. Congratulo-me por ter conseguido fortalecer o nosso clube com dois novos companheiros, que tive a felicidade de apadrinhar. Estamos certos que serão dois companheiros dispostos a Servir, com novas ideias e grande dinamismo, não deixando, contudo, de cumprir os princípios rotários que defendemos.

ND: Na hora da transmissão de tarefas, como rotária e reguense, que mensagem gostaria de passar a todos os seus conterrâneos?

RA: Gostaria de lhes dizer que o facto de ter assumido ser Rotária em 2014 e, em 2016, ter aceitado o desafio de ser presidente do clube, fez com que o meu sentido de “pessoa de bem” me tornasse, ainda, mais responsável por tudo o que me rodeia.
“É Rotário quem merece ser!” É verdade pois, ser Rotário, é ser companheiro, aquele que é capaz de partilhar! É ser tolerante, não criando conflitos. Tolerância é a qualidade dos corações grandes! Toda a pessoa que se preocupa com a sua comunidade e deseja contribuir para um Mundo melhor, tem potencial para ser Rotária!
Já agora, gostaria de partilhar com os leitores do “Notícias do Douro” que este ano se comemora o Centenário da Rotary Foundation que é considerada a terceira melhor ONG do Mundo, pelas suas ações e projetos como a erradicação da poliomielite, objetivo já quase cumprido, encontrando-se apenas em dois países em situação endémica, ou o combate à cegueira evitável, na India, ou ajudar as populações de África a terem acesso a água potável.
Como estou na parte final da entrevista gostaria de enaltecer a excelente parceria com a edilidade local e todas as entidades oficiais da nossa região, que muito contribuíram para que o Rotary Club da Régua no Ano Rotário 2016/2017, tivesse cumprido todos os seus objetivos e termino, deixando ao meu companheiro e amigo Nuno Guimarães, atual Presidente, os meus votos de um Ano Rotário profícuo e motivador, e que, juntos, continuaremos a apoiar a nossa comunidade e a mostrar que colocamos em prática, o nosso lema para este ano, “Rotary a Serviço da Humanidade”.

ND: Muito obrigado.

[Utilidades]
[Outras Notícias]

Outras Notícias da secção Entrevistas
· O Processo de Institucionalização na visão de um Utente

O Meu Jornal
(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt