O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
[ Colaboradores ][ A História do Jornal ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ]
Edição de 02-02-2018
Pesquisa
Livro
Alto Douro Vinhateiro Alto Douro Vinhateiro Versão Inglesa
 

Arquivo: Edição de 30-06-2017

SECÇÃO: Região

Operadores turísticos brasileiros e associação de empresários turísticos de Trás-os-Montes e Douro celebram protocolo.
Trás-os-Montes e Douro mais perto do Brasil

A AETUR - Associação dos Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes – e a BRAZTOA – Associação Brasileira das Operadoras de Turismo juntaram esforços para alcançarem objetivos comuns: promover o Douro e Trás-os-Montes no Brasil, numa vertente turística, em especial na época baixa da região duriense.

foto
A vontade foi selada com um protocolo assinado a bordo do Navio Escola Sagres, no Porto de Santos, em São Paulo, Brasil, aquando de mais uma ação de internacionalização do Douro e Trás-os-Montes levada a cabo pela AETUR. A ação aconteceu integrada no projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World” que junta, pela primeira vez, o património do Douro com o legado histórico deixado pelo navegador Fernão de Magalhães. Este projeto tem como objetivo a concretização de diferentes ações de internacionalização da economia e da identidade duriense, como os modos de vida, arquivo da memória, Patrimónios da Humanidade e património imaterial. Para tal, o projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World” tem levado o melhor de Trás-os-Montes e Douro aos países que integram a Rede das Cidades Magalhânicas, mas também aos mercados turísticos, como foi o caso desta ação recente que incidiu na América do Sul, mais concretamente no Uruguai, Argentina e Brasil.

É neste contexto que a AETUR e a maior associação de operadores turísticos do Brasil juntam esforços na promoção do norte de Portugal junto dos potenciais turistas brasileiros: “É essencial para Portugal. Atingimos um objectivo para o país, e em especial para o Douro e Trás-os-Montes”, refere Alberto Tapada, da AETUR.

O protocolo entre a AETUR e a BRAZTOA vai permitir, entre outras medidas, um intercâmbio de informação e de cooperação nas temáticas relacionadas com o desenvolvimento rural, económico e turístico; projetos conjuntos e inovadores no domínio turístico e de potenciação recíproca do negocio turístico no Brasil e na Europa; partilha de projetos de investigação turística e novos circuitos turísticos.

Para além deste momento histórico, no Brasil, para as duas associações, a ação de internacionalização do Douro e Trás-os-Montes pela América do Sul, contou ainda com outros pontos de interesse. O primeiro país visitado, deste périplo, foi o Uruguai, onde a AETUR apresentou a região junto da Agência Uruguai XXI – uma agencia que visa promover a economia do Uruguai. O Uruguai apresenta-se como uma oportunidade para a economia do norte de Portugal, pois apesar de ser um país pequeno funciona como uma placa rotativa para o comércio Mercosul.

“O Uruguai pode ter muita importância ao nível da promoção dos produtos agroalimentares, porque através de parceiras que se possam desenvolver com empresas de lá, podemos ter uma facilitação para a América do Sul. O país é uma espécie de porta de entrada, pela sua localização e perfil, que simplifica a operacionalização de modelos”, conta Alberto Tapada.

foto
Ainda no Uruguai, a AETUR foi recebia pelo Secretário de Estado do Turismo do Uruguai e o embaixador português no Uruguai, Nuno Bello. “Foram analisadas experiências turísticas, nomeadamente o modelo de funcionamento dos cruzeiros no Vale do Douro e a questão do enoturismo no Douro. O nosso modelo no Douro, nessas duas vertentes, é algo que eles querem perceber melhor porque gostariam de adaptar à sua realidade”, conta o representante da AETUR.

A viagem pelo Uruguai terminou com a visita à histórica Colónia do Sacramento mas os resultados da incursão ao país já se fizeram notar, visto que, entretanto, a embaixadora do Uruguai em Portugal já veio ao Douro conhecer de perto a região. “A AETUR está a trabalhar com as embaixadas do Uruguai e de Portugal tendo em vista encontrar-se formas mais adequadas para facilitar os intercâmbios e a vida das empresas. Uma abordagem diplomática. A embaixadora veio ao Douro – resultado desta ação – para conhecer de perto e perceber formas de melhorar o desempenho de parte a parte”, salienta Alberto Tapada.

Após o Uruguai, Buenos Aires, na Argentina, foi “uma descoberta completa”. A sessão de apresentação da região transmontana e duriense aconteceu no Teatro Margarita Xirgu, que pertence à UNTREF – Universidade Nacional de Três de Fevereiro - com uma exposição fotográfica, degustação de produtos, troca de informações e estudo de oportunidades. A Argentina é um mercado com forte potencial para o turismo no Douro e Trás-os-Montes no entanto a oportunidade de trazer mais turistas argentinos para o norte de Portugal pode ficar comprometida por via de um problema estrutural. “Identificamos um problema para os dois lados: a falta de ligações áreas entre os dois países”, refere Alberto Tapada. A AETUR quer fazer parte da solução deste problema e acredita que o mesmo só será resolvido se o governo, as embaixadas e a TAP se empenharem neste caso.

Em pouco mais de uma semana, as ações que aconteceram nos três países da América do Sul deixaram Alberto Tapado com a sensação de missão cumprida: “Correu muito bem e fomos muito bem acolhidos. A região continua a surpreender com os seus produtos agroalimentares, as suas paisagens e também a sua história”.

As ações de internacionalização do Douro e Trás-os-Montes do projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magallen World” terminam em Setembro, em Le Havre, França, também a bordo no Navio Escola Sagres, numa paragem que promete ser especial para o Douro e Trás-os-Montes com a previsão de 10 mil visitantes por dia.

[Utilidades]
[Outras Notícias]
O Meu Jornal
(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@netc.pt