O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ]Subscrever RSS RSS
Edição de 19-12-2014
Pesquisa
Livro
Alto Douro Vinhateiro Alto Douro Vinhateiro Versão Inglesa
 

Arquivo: Edição de 25-05-2012

SECÇÃO: Opinião

Desemprego, uma opção com futuro.

Temos agora e por ordem do senhor Primeiro-ministro Passos Coelho, uma nova definição de desemprego e que segundo este, estar desempregado não é assim tão mau.

foto
Afinal, demo-nos conta agora (os que ainda tinham dúvidas ou andavam iludidos) que temos um Primeiro-ministro inoportuno e fiel depositário das imensas oportunidades.
Para ele, a solução para combater a crise passa pelo desemprego. Desta forma, diminui-se as despesas do estado e sempre sobra mais algum (dinheiro) para gastar com amigos e, dá-se às pessoas novas oportunidades (aos desempregados).
É inegável a sua condição de “cómico mórbido” ou de príncipe das marés negras, pois sempre que diz alguma coisa mete água, muita água e nunca diz nada em favor dos cidadãos.
Não sei se é defeito ou feitio. Este jeito que tem para o disparate talvez seja resultado das duas coisas e ambas, embocam numa insensibilidade cujo raio de acção favorece a parvoíce e a hipocrisia. Hipocrisia porque faz exactamente o mesmo que os outros, apesar de ter dito o contrário. Veja-se o caso dos impostos, da política do fecho, de tudo quanto disse ser diferente. Afinal, está comprovado que não passa de mais um mentiroso compulsivo. Parvoíce porque sempre que diz alguma coisa, o disparate é tão grande que o melhor mesmo é estar calado, caladinho, pois como diz o nosso povo, “em boca fechada não entra mosca nem sai asneira” e, da boca dele tem saído cada asneira…
Para governar desta forma e dizer o que diz, a conclusão a que chegamos é que qualquer um era Primeiro-ministro.
O mais recente caso, as declarações sobre o desemprego, comprovam a veracidade dos factos e mais uma vez o artista se mostrou ao nível da sua categoria (fraco, fraquinho…).
Desta feita, e de tão sábio pensamento, ficamos a saber que segundo este governo, a sustentabilidade do país passa pelo desemprego, pois ele (desemprego) é uma janela de oportunidades.
Logo, os desempregados têm agora a oportunidade de triunfar na vida, basta aceder ao desemprego e “navegar” no imenso mar das oportunidades. Parece encontrada a fórmula para combater a crise, o desemprego. Assim, não é de estranhar a subida da taxa do desemprego.
De agora em diante só há uma leitura a fazer-se dos dados do desemprego, quanto maior for a taxa de desemprego, maior serão as oportunidades.
Está encontrado um novo conceito para o desemprego. É uma janela de oportunidades, uma nova esperança, um projecto empreendedor, um caminho, um destino.
Desemprego. Uma opção com futuro, uma janela de oportunidades perto de si.

Por Jorge Almeida, Dr.
jorgealmeidamanuel@gmail.com

A História do Jornal
Colaboradores
Douro / Rio
Concelhos
Oportunidades
Roteiro
Transmontanos / Durienses +
Adegas +
Informações Úteis
[Utilidades]
[Outras Notícias]
O Meu Jornal
Última Hora
Notícia Importante
(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@iol.pt