O Semanário de Trás-os-Montes e por excelência da Região Demarcada do Douro
Notícias do Douro Notícias do Douro
Notícias do Douro
[ Inquéritos ][ Fórum ][ Farmácias ][ Futebol ][ Agenda ][ Tempo ][ Pesquisa ][ Assinaturas ][ Publicidade ][ Ficha Técnica ]Subscrever RSS RSS
Edição de 12-09-2014
Pesquisa
Livro
Alto Douro Vinhateiro Alto Douro Vinhateiro Versão Inglesa
 

Arquivo: Edição de 30-03-2012

SECÇÃO: Sociedade

Jovem que se tentou suicidar expõe carências dos hospitais algarvios

Um jovem andou a circular entre Portimão e Faro, de ambulância, porque ninguém sabia se deveria ser internado na Psiquiatria de crianças ou de adultos.
Acabou a tentar suicidar-se do telhado do hospital.
No Algarve não existe Serviço de Pedopsiquiatria. A., de 17 anos, andou de ambulância entre o Hospital do Barlavento (Portimão) e o Hospital de Faro, porque não sabiam se devia ser identificado como adolescente ou adulto. O jovem sofre de uma grave depressão, esteve por duas vezes à beira do suicídio e aguardou mais de uma semana para ser internado no Serviço de Psiquiatria de Adultos.
A mãe de A. recebeu, no domingo à noite, um telefonema do Hospital do Barlavento que a deixou à beira de um ataque de nervos. “O seu filho anda em cima do telhado do hospital”, disseram-lhe. Cerca de uma hora antes, A., internado desde 10 deste mês nas Urgências daquela unidade hospitalar, ligara-lhe a dizer: “Não aguento mais”. O filho tentava, de novo, pôr termo à vida.
A mãe, moldava, não percebe como foi possível o rapaz ter fugido da maca e alcançar o topo do edifício de seis pisos. O rapaz completa 18 anos em Novembro, frequenta um curso de formação profissional na área da pastelaria, mas desde os oito anos – altura em que veio da Moldávia para Portugal – que vive num contexto de violência doméstica. Usa cabelos longos, a cobrir parcialmente o rosto. “Ele tem acne, não gosta que vejam as manchas”, justifica a mãe, acrescentando que descobriu, recentemente, que o jovem se auto-mutilava nos braços e nas pernas: “Tem marcas acentuadas”, diz.
A fuga terá acontecido quando aproveitou um momento de distracção do segurança. A primeira vez que tentou pôr termo à vida foi no dia 10. Estava sozinho em casa. Antes de ingerir comprimidos, escreveu uma carta a pedir desculpa à mãe e à irmã, de 13 anos, explicando que a força que o empurrava para a morte era “mais forte do que ele”. Sentiu-se mal e acabou por chamar o INEM.

A História do Jornal
Colaboradores
Douro / Rio
Concelhos
Oportunidades
Roteiro
Transmontanos / Durienses +
Adegas +
Informações Úteis
[Utilidades]
[Outras Notícias]

Outras Notícias da secção Sociedade
· Banqueiro limpa contas e desaparece
· Mapa judiciário: Moção aprovada pela Ordem dos Advogados e Autarcas
· Explosão de estrela explica universo
· Petróleo, China e eleições na Europa podem fazer regressar a turbulência
· Imobiliário: Quase 7 mil imóves entregues aos bancos em 2011 por incumprimento
· Opel revoluciona iluminação do automóvel
· Formiga em conto de fadas
· Mais um tractor assassino
· Amnistia Internacional condena atuação da PSP no dia da greve geral
· Morreu o padre mais velho do país
· «Acho que o homem não gosta de mim»
· Jovem convence actriz porno a acompanhá-lo a baile escolar
· Usa carro de cliente e mata criança
· «Galdérias» protestam pelo direito de mostrar o corpo Movimento
· Pais furiosos com professora
· Kate Middleton segue passos de Diana
· Figo condenado a pagar 2,4 milhões de IRS em Espanha
· Omar Sharif diz que é gay e judeu
· Escândalo derruba líder chinês
· Polícia apanha homem que exibia pénis falso
· EUA financiam ONG’s angolanas
· Marcello Rossi: em nome de Deus
· O Notícias do Douro dá-lhe a conhecer...
· Portugueses transformam a Vila de Tasch na Suiça

O Meu Jornal
Última Hora
Notícia Importante
(C) 2005 Notícias do Douro - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital.
Design: Notícias do Douro. Email do Jornal: noticias.do.douro@iol.pt